photo tumblr_msm7ioi2kQ1qffd6zo1_500118_zpsf4ecef96.png
quando a tristeza decide ficar.

De Mãos Dadas

Se eu soubesse que amanhã o sol nascia
Com a mesma cor dos girassóis em flor
Rasgando o ventre da madrugada fria
Eu convidar-te-ia a vê-lo, amor.

E andando, andando com as mãos nas tuas
Pela noite fora de coração quente
Caminhando os dois entre as ervas mas
Em breve estaríamos junto ao sol nascente.

Mas andar assim, para ver o quê ?
Os poetas dizem que o amor não vê,
Senão o desejo de morrer amando.

Por isso fiquemos com as mãos nas mãos
Mergulha os teus lábios no meu coração
E vivamos assim os dois... até quando !

Dezembro, 1973

And Who will bring me flowers when it's Over ?


more on Flickr

.

gosto de gostar de ti porque me dás saudades.

curiosidades

sou demasiado curiosa, tenho perguntas para tudo e para o nada. principalmente para o nada.
e queria eu saber quantas vezes por dia sorris, para disfarçar as lágrimas que se escondem nos teus olhos e na tua alma.
quantos desses sorrisos são falsos, porque preferias que as pessoas à tua volta naquele momento desaparecessem para toda a tua dor te escorrer pelos olhos.
queria saber quantas vezes dizes estar bem, quando na verdade te apetece rasgar o corpo e ficar nua de ti mesma só para deixar de doer.
quanto de ti são palavras soltas.. mortas e quanto de ti é poesia viva e a ferver. 
diz-me, quantas vezes já quiseste arrancar do peito teu coração e atirá-lo ao rio ?


A Noite

a noite tornou-se patética sem ti
não tinha sentido pensar em ti e não sair a correr para a rua
procurar-te imediatamente
correr a cidade duma ponta a outra
só para te dizer boa noite ou talvez tocar-te
e morrer.



Al Berto


grrrrrr

o mau humor decidiu vir dizer olá hoje.

À Bout de Souffle

"We look at each other in the eye, and it's no use."


Palavras…

São pequenos conjuntos de letras que transportam demasiada responsabilidade para o seu tamanho.